Conheça

Translate


Patria amada, acorda tapada !


PATRIA AMADA, ACORDA TAPADA !
Dryca Lys



As coisas não mudaram muito,
a vida cheia de absurdos.
Dentro da corrente sanguínea
corre uma voz profunda
clamando pela esperança perdida...
“Democracia” corrompida, imunda
Primeira vez ? Última chance...
Corrupção cheia de dinheiro sujo de sangue.


Pátria amada, imersa na corrupção.
Acorda tapada, longe de qualquer solução.


Ninguém ouve estes gritos
a liberdade é escravidão.
Nação chora ao som da chibata
escorre sangue pelo tombadilho.
Brasil enjaulado em corrupção,
país da esperança desbotada.
Primeira vez ? Última chance.
Corrupção cheia de dinheiro sujo de sangue.


Pátria amada, imersa na corrupção.
Acorda tapada, longe de qualquer solução.


Pátria amada, chora ao som da chibata.
Pátria amada, ouve estes gritos?
Pátria amada, sangue escorrendo pelo tombadilho.
Pátria amada, de esperança na foto desbotada.

Pátria amada, acorda tapada!

------------------------------------------------------------------------------------------
Poema integrante do Livro Serenissima de Dryca Lys, direitos autorais desde 2009. Registrado na Biblioteca Nacional.
------------------------------------------------------------------------------------------
Sou ácida de vez enquando, é bom para lembrar quem sou. De luto pelo Brasil dos absurdos.

Dryca Lys

0 comentários:

Ajude a Somália. Clique Aqui

 

Programa Radar Paulista 18h

Visitantes do mundo

Rádio Vale do Acaí