Conheça

Translate


Estilo de vida e a força da moda.

Moda é a tendência de consumo da atualidade. A moda é composta de diversos estilos que podem ter sido influenciados sob vários aspectos. Acompanha o vestuário e o tempo, que se integra ao simples uso das roupas no dia-a-dia. É uma forma passageira e facilmente mutável de se comportar e sobretudo de se vestir ou pentear.
"Embora tenham sido encontradas agulhas feitas de marfim, usadas para costurar pedaços de couro, que datam cerca de 40 000 a.C., ou mesmo evidencias de que o tear foi inventado há cerca de 9 000 a.C., só podemos pensar em moda em tempos muitos mais recentes. Ela se desenvolve em decorrência de processos históricos que se instauram no final da Idade Média (século XIV) e continuam a se desenvolver até a chegar ao século XIX. É a partir do século XIX que podemos falar de moda como a conhecemos hoje (POLLINI, 2007).
A moda nos remete ao mundo esplendoroso e único das celebridades. Vestidos deslumbrantes, costureiros famosos, tecidos e aviamentos de ultima geração. Não nos leva a pensar que desde a pré-história o homem vem criando sua moda, não somente para proteger o corpo das intempéries, mas como forma de se distinguir em vários outros aspectos tais como sociais, religiosos, estéticos, místicos ou simplesmente para se diferenciar individualmente.
A moda passou por várias transformações, muitas vezes seguindo as mudanças físicas e principalmente sociais que ocorreram dentro de um determinado período.
A moda pode ser considerada o reflexo da evolução do comportamento. Uma espécie de retrato da comunidade. É uma linguagem não verbal com significado de diferenciação. Instiga novas formas de pensar e agir."
Para criar estilo, os figurinistas utilizam-se de cinco elementos básicos: a cor, a silhueta, o caimento, a textura e a harmonia.
A moda é abordada como um fenômeno sociocultural que expressa os valores da sociedade - usos, hábitos e costumes - em um determinado momento. Já o estilismo e o design são elementos integrantes do conceito moda, cada qual com os seus papéis bem definidos.
A moda é um sistema que acompanha o vestuário e o tempo, que integra o simples uso das roupas no dia-a-dia a um contexto maior, político, social, sociológico. Pode-se ver a moda naquilo que se escolhe de manhã para vestir, no look de um punk, de um skatista e de um pop star, nas passarelas. A cada dia que passa o mundo da moda vem se superando e surpreendendo as pessoas, com cores vivas, tendências novas, cortes inusitados e inovadores. A moda proporciona aos que seguem uma tendência sempre inovadora e ousada. Ela é abordada sempre, encaixa em qualquer assunto e é sempre um meio de inspiração aos que a seguem.
Convém ressaltar que, deixando de lado a tendência etnocêntrica (na realidade "eurocêntrica"), a qual ainda hoje é preponderante, devemos ter clareza de que a moda, enquanto fenômeno, só se tornou "universal" em meados do século XIX, com o advento da crinolina. Até então, cada povo possuía sua própria maneira de se vestir e ornamentar, de maneira que conviviam diversas manifestações e estilos numa mesma época.
Mesmo hoje, em que vivemos, sob o capitalismo hegemônico, a fase da globalização, não se pode esquecer que o mundo muçulmano se constitui num universo à parte, onde a burka e o chador ainda são amplamente utilizados e onde populações inteiras, como a maior parte da Índia e as comunidades indígenas, bosquímanas e aborígenes australianos, por exemplo, estão alijados da produção e do consumo.

Fonte Wikipédia.
========================================
Moda é mais que, simplesmente, roupas e combinações de acessórios. Moda vai além, transcende barreiras do tempo e do espaço, mantendo - se viva pelo caminhar da humanidade.
Sua fonte de inspiração é o estilo de vida que influencia o mundo.
A moda é o que você  come, o que você ouve, o perfume que você usa, os lugares que você frenquenta. Ela se inspira em tudo e influencia o comportamento da sociedade, seguindo os acontecimentos de cada época.
Mas é comum ver algumas pessoas que estão sempre à frente de seu tempo, criando novas tendências e quebrando tabus.
Há muito tempo, a moda deixou de ser futilidade, para assumir seu papel de contribuição para a sociedade. Mostrando que a força que esta dentro deste mundo é maior do que se pode imaginar.
Mas é preciso entender que o mundo da Moda, embora muito glamuroso também é muito competitivo. E em alguns momentos, os que estão inseridos dentro desse mundo desejam a queda do outro. Porque a Moda muda o tempo todo, esta em constante ebulição e metamorfose. Por isto a moda não se prende a clichês por muito tempo.
O Mundo da Moda é para pessoas fortes de espírito e sem medo de ousar. O mundo da moda procura, sem cessar, por pessoas que acreditam no seu estilo e não tem medo de sustentar sua idéia, mesmo que todos estejam contra elas.
Marilyn Monroe foi uma mulher à frente de seu tempo e que acabou por influenciar muitas pessoas até hoje.
Com um estilho inconfundivel e forte. Demonstra a feminilidade à flor da pele e consegue exercer uma fascínio em todas as pessoas.
Sua controversa história demonstrou que há muito que desconhecemos deste grande icone da moda, do cinema.
O que lhe rendeu a música Candle in The Wind por Elton John.
A mulher mais amada e odiada do mundo.
Pessoas a frente de seu tempo são sempre incompreendidas, por que tem traços que as destacam dentro da sociedade, o que acaba por atrair a inveja e o ódio dos que não conseguem brilhar como elas.
Joana D´Arc
Outra pessoa à  frente de seu tempo, foi Joana D´Arc, a mulher que se disfarçou de soldado para lutar na Guerra dos Cem Anos. Mas foi queimada viva.
Mas depois de cinco séculos depois a Igreja resolveu canonizá-la.

A morte


Joana foi queimada viva em 30 de maio de 1431, com apenas dezenove anos. A cerimônia de execução aconteceu na Praça do Velho Mercado (Place du Vieux Marché), às 9 horas, em Ruão.
Antes da execução ela se confessou com Jean Totmouille e Martin Ladvenu, que lhe administraram os sacramentos da Comunhão. Entrou, vestida de branco, na praça cheia de gente, e foi colocada na plataforma montada para sua execução. Após lerem o seu veredito, Joana foi queimada viva. Suas cinzas foram jogadas no rio Sena, para que não se tornassem objeto de veneração pública. Era o fim da heroína francesa.

Após a morte de Joana d'Arc

A revisão do seu processo começou a partir de 1456, quando foi considerada inocente pelo Papa Calisto III, e o processo que a condenou foi considerado inválido, e em 1909 a Igreja Católica autoriza sua beatificação. Em 1920, Joana d'Arc é canonizada pelo Papa Bento XV.
Temos uma outra versão que informa que vinte anos após a sua condenação à fogueira, os pais de Joana d'Arc pediram que o Papa da época, Calisto III, autorizasse uma comissão que, numa pesquisa serena e profunda, reconheceu a nulidade do processo por vício de forma e de conteúdo. Joana d´Arc desta maneira teve sua honra reabilitada, e o nome feiticeira, e bruxa foi apagado para que ela fosse reconhecida por suas virtudes heróicas, provenientes de uma missão divina. Joana também enquanto morria era chamada de bruxa, mentirosa, blasfema.
Ela foi proclamada Mártir pela Pátria e da Fé.
===========================
Moda é atitude e força.

0 comentários:

Ajude a Somália. Clique Aqui

 

Programa Radar Paulista 18h

Visitantes do mundo

Rádio Vale do Acaí