Conheça

Translate


Você não precisa fazer igual. Mas você pode respeitar a diversidade.

"Preconceito (prefixo pré- e conceito) é um "juízo" preconcebido, manifestado geralmente na forma de uma atitude "discriminatória" perante pessoas, lugares ou tradições considerados diferentes ou "estranhos". Costuma indicar desconhecimento pejorativo de alguém, ou de um grupo social, ao que lhe é diferente. As formas mais comuns de preconceito são: social, "racial" e "sexual".
De modo geral, o ponto de partida do preconceito é uma generalização superficial, chamada "estereótipo". Exemplos: "todos os alemães são prepotentes", "os americanos formaram grandes grupos arrogantes", "todos os ingleses são frios". Observar características comuns a grupos são consideradas preconceituosas quando entrarem para o campo da agressividade ou da discriminação, caso contrário reparar em características sociais, culturais ou mesmo de ordem física por si só não representam preconceito, elas podem estar denotando apenas costumes, modos de determinados grupos ou mesmo a aparência de povos de determinadas regiões, pura e simplesmente como forma ilustrativa ou educativa.
Observa-se então que, pela superficialidade ou pela estereotipia, o preconceito é um erro. Entretanto, trata-se de um erro que faz parte do domínio da crença, não do conhecimento, ou seja ele tem uma base irracional e por isso escapa a qualquer questionamento fundamentado num argumento ou raciocínio.
Os sentimentos negativos em relação a um grupo fundamentam a questão afetiva do preconceito, e as ações, o fator comportamental. Segundo Max Weber (1864-1920), o indivíduo é responsável pelas ações que toma. Uma atitude hostil, negativa ou agressiva em relação a um determinado grupo, pode ser classificada como preconceito. Enfim, não ter preconceito é possuir a Lei de Mendel."

Fonte: Wikipédia.
Preconceito é algo que esta enraizado dentro das pessoas. Mas as pessoas não nascem com preconceitos. Tanto que é simples, se colocarmos crianças pequenas dentro de uma sala, nenhuma vai agredir a outra por questões preconceituosas, mas depois do período de reconhecimento, elas passam a brincar tranquilamente.
A sociedade que prega o preconceito como algo aceitável e até como algo que ajuda o convívio social.
Se alguém é gordo demais, magro demais, enfim o preconceito é algo que se propaga de uma maneira cruel e sem fundamentos.
Todas as pessoas tem sentimentos e cada um reage de uma maneira diferente, porque a base da vida é a diversidade.
Como seria o mundo se todos fossem magros, lindos, ricos, de olhos e cabelos claros ? Seria um mundo perfeito ?

Não, seria um mundo tedioso, já que todos são iguais, (iguais no sentido literal).

A maior violência que se pode praticar é o preconceito. Pelo poder de sua propagação, pela força de sua opressão e pela ridicularização do que não se encaixa nos padrões estabelecidos.
Quantas pessoas morrem em nome do preconceito. Quantas guerras sem sentido são alimentadas pelo preconceito. Quantos sonhos são mutilados pelo preconceito.
E a arte tem tomado um grande papel positivo na luta contra o preconceito de qualquer espécie. Já que cada um tem o seu talento e cada um é o que é.
Mas é preciso compreender que se não houver um movimento sério para banir os pensamentos e ensinamentos preconceituosos, continuaremos a assistir inertes ao maior massacre humano já visto, motivado pelo sentimento mais repulsivo já visto. O preconceito.
Cada um é o que é. Você não precisa fazer o que a pessoa faz, mas você pode apenas respeitar. Sem preconceito e sem segregação. Mas a escolha é sua.
Fonte das imagens: Internet.

0 comentários:

Ajude a Somália. Clique Aqui

 

Programa Radar Paulista 18h

Visitantes do mundo

Rádio Vale do Acaí