Conheça

Translate


Descanse em paz, Loly! #LutoFamiliaRestart

Eu vi #LutoFamiliaRestart, imediatamente pensei que alguém da família de algum integrante da banda ou algum deles havia morrido.
E decidi ver.
Fiquei comovida, esta jovem na foto foi morta por causa de bullying, era fã do Restart e morava na Califórnia.
Loly (@Pelanza_USA) teve sua vida interrompida por causa da intolerância e do ódio.
Já esta na hora de parar a religião da intolerância e do ódio.
Estão tirando a chance das pessoas serem o que elas realmente são. E interrompendo sonhos... Quem sabe Loly seria uma grande artista, ou uma grande médica, ou uma grande engenheira... Mas perdemos a chance de conhecer Loly como ela realmente era.
Parem o bullying, parem de roubar vidas que só querem ser elas mesmas. Só posso dedicar te um poema.

A força do preconceito

(Dryca Lys)



Quantas vezes eu chorei por sua causa
muitas vezes eu lhe odiei, quis sua morte...
Não foram poucas as vezes que eu me culpei
procurando falhas, erros que não eram meus...
Eu desisti dos meus planos, me escondi
num mundo que eu construí só para mim.
Eu sufoquei meus sonhos, queimei o paraíso
eu engoli o choro e me matei aos poucos...



Basta eu ter a pele escura para ser discriminado,
basta ser pobre ou deficiente para ser rotulado
como lixo... Basta ser diferente dos padrões
para ser mal tratado, ser motivo de piadas sem graça...
Ser gordo ou magro demais para ser excluído...
Não me venha com falsa ajuda, falso apoio...
Você não conhece a força destrutiva do preconceito.



Eu sei a tristeza de ser humilhado em público.
Eu sei o quanto dói ser tratado como anormal.
Que igualdade é esta que exclui os diferentes.
Eu me olhei no espelho e vi que a culpa
nunca foi minha, mas a verdade grita
para quem quiser ouvir, algumas pessoas vazias
medíocres e hipócritas continuam a espalhar o ódio
pregando a discriminação, fazendo convite à vergonha e violência


Basta eu ter a pele escura para ser discriminado,
basta ser pobre ou deficiente para ser rotulado
como lixo... Basta ser diferente dos padrões
para ser mal tratado, ser motivo de piadas sem graça...
Ser gordo ou magro demais para ser excluído...
Não me venha com falsa ajuda, falso apoio...
Você não conhece a força destrutiva do preconceito.


Se não pararmos a crueldade do preconceito
continuaremos a manter o ódio, a violência e o caos.

Poema integrante da Barca do Sonho de Dryca Lys, Direitos autorais reservados a autora.

0 comentários:

Ajude a Somália. Clique Aqui

 

Programa Radar Paulista 18h

Visitantes do mundo

Rádio Vale do Acaí