Ajude a Somália. Clique Aqui

Translate


A Era da escolha do seu destino: Evolução ou destruição.

     O mundo anda estranho, pelo fato da constante evolução social. Hoje as pessoas estão entediadas com tudo. Vivendo o momento efervescente de sentimentos misturados, confundidos e amplificados.
        Hoje a atração puramente física é confundida com amor, o orientar para o bem é confundido com inveja, "recalque" e chatice.
        Vivemos a era do não fale a verdade, porque eu não aprendi a conviver com as pessoas. Aprendi a conviver com a tecnologia avançada que aproxima pessoas de vários continentes, mas afasta o convívio social.
            Vivemos na era da não responsabilidade para o educar, nos doemos por coisas sem sentido. Fazemos campanhas não com o verdadeiro intuito de ajudar, mas auto promoção. Achamos que as relações humanas devem ser sem dor, para que vivamos uma ilusão linda que o cinema criou, mas que são fórmulas lindas para as telas de cinema.
           A Ficção tem se tornado realidade e a realidade tem se tornado um sopro de ilusão.
        Amamos intensamente as coisas e desprezamos infinitamente as pessoas. Humanizamos os objetos e mecanizamos as pessoas.
        Ironizamos as coisas boas e amplificamos tudo o que é ruim. Pregamos a cultura da massificação e discriminamos o ser quem realmente se é.
          Tornamos causas em modismo, fazendo o seu sentido se perder na onda do todo mundo acha lindo agora e esquece amanhã. Toleramos a violência e achamos que isto é algo que não pode ser mudado. Mas pode. 
            Vivemos a democracia de vidro, linda por fora, mas cheia de rachaduras e que pode se romper a qualquer momento, porque não lutamos realmente pela mudança, queremos apenas o holofote.
           Somos escravos do prazer e dos relacionamentos miojo. Três minutos de satisfação e tédio infinito quando acaba a magia.
Esquecemos que ser humano é algo em constante evolução, mas que tem raízes com tudo a sua volta. Somos escravos de padrões e regras que foram feitos apenas para manter tudo ao redor em uma falsa sensação de ordem. Existe muito mais do que conseguimos ver na superfície das nossas paixões e da nossa escravidão.

Talvez a humanidade esteja no ponto do caminho onde é preciso fazer a escolha de aprender a construir pessoas mais humanas ou escolher o caminho da auto destruição. Estamos numa era de escolher com sabedoria o caminho do nosso próprio destino.

0 comentários:

Conheça

 

Programa Radar Paulista 18h

Visitantes do mundo

Rádio Vale do Acaí