Ajude a Somália. Clique Aqui

Translate


Tribos: Experiencia instigadora e provocadora.

13.09, 18h, Domingo. Uma experiencia instigante com uma peça teatral bem instigante.

Tribos, um texto forte. Claro que em sua tradução para o português sofreu alterações para a adaptação correta do que a autora disse, com tanta clareza, no texto original.

38 cidades, 200 mil pessoas viram este espetáculo.
Começou em São Paulo e andou por muitos lugares.
A peça reúne tecnologia, música e principalmente atuações impecáveis. Destaques para Arieta Correa, Bruno Fagundes e Guilherme Magon.

A dramaticidade e verdade que Arieta transmite com a personagem Sylvia é impressionante. Porque o ser de uma maneira não causa tanto impacto quanto o tornar se alguém completamente diferente e não ter poder para impedir isto.

Definitivamente o tornar-se é mais doloroso do que já nascer naquela condição, porque você tem que reaprender tudo, recomeçar e não por uma escolha, mas por uma imposição do destino.
A peça mostra a hipocrisia dos preconceitos velados, da crueldade do nosso próprio egoísmo, de como, muitas vezes, somos completamente surdos e distantes de tudo que acontece ao redor.

Cálices de tristeza, agonia de querer o amor, desterro diante do egoísmo brutal e sutil, da ruptura até do conceito do que é família e convivência social. Da mesquinhez de querer sempre fazer o outro se sentir menor e frágil diante de nós.

Por baixo da pele, correndo nas veias como sangue, fica evidente que todos nós temos medo do outro, medo de que o outro seja melhor que nós mesmos, mesmo com algum tipo de 'deficiência'. O eterno medo de olhar para dentro de nós mesmos e perceber que a mudança tem que ser feita, que temos que sair da zona de conforto e não apenas culpar os outros por falhas e deficiências que são inerentes ao nosso ser.
Espetáculo primoroso e ao mesmo tempo incomodo, porque esfrega, sem cerimonia, todas as mazelas que as pessoas tem. E que o amor pode consertar o que acreditamos estar perdido.

Todos os personagens escancaram nossos medos; O constante medo do fracasso, a raiva quando tudo dá errado, a rotina da vida a dois, as vozes do mundo gritando dentro da nossa cabeça dizendo que não se bom o suficiente, a vontade de ser superior através da humilhação e discriminação, o duro momento que se consegue encarar o fracasso e que as escolhas que se fez não foram as melhores.
Instigante, incomodo, envolvente, libertador. Assista Tribos em sua temporada no TUCA. A experiencia vale a pena, com toda a certeza.

0 comentários:

Conheça

 

Programa Radar Paulista 18h

Visitantes do mundo

Rádio Vale do Acaí