Ajude a Somália. Clique Aqui

Translate


O maior desafio da vida é sair da prisão que se confortavelmente vive



 Já faz um certo tempo que não escrevo um texto com foco de pensamento filosófico...
Aceitação é uma questão muito difícil, num mundo que nos prega o tempo inteiro que precisamos de aprovação social para tudo que fazemos.

Vivemos em uma matrix criada para para nós há muitos anos. E esta Matrix se aperfeiçoa a cada novo século e cada novo minuto.

Poucas pessoas conseguem perceber as manipulações que vem deste sistema e o intuito de massificar o pensamento a todo custo.

Nós nos acostumamos com ela. Não a vemos, mas ela esta em todo lugar.
Com regras absurdas que determinam quem "merece ser feliz" e quem "não merece".

Dita padrões de forma, de imagem, de posicionamento, de comportamento. Determina o que determinado grupo irá consumir. Determina qual grupo será usado como cobaia em experiencias que podem dar certo ou não.

Mas a coisa é tão bem arquitetada que nós acreditamos que precisamos disto. Precisamos de aprovação sobre o que somos e o que sentimos, o que queremos ser ou o não queremos fazer.

Mas o que é patente dentro desta Matrix é como ela faz com nossos preconceitos se tornem latentes em determinadas situações.

Como aceitamos mecanismos de discriminação como maneira de suposta proteção de minorias, como pregam inferioridade de alguns, com sutis roupagens de falsa ajuda.

Vivemos numa matrix que disfarça o ódio e a discriminação como "amor" e "benevolência".

Por mais que você não veja, olhos estão vigiando você o tempo todo. E o mais impressionante é que a humanidade obedece cegamente aos comandos dados pela Matrix. E até mesmo aqueles que se dizem fora dela, na verdade pregam tudo que a Matrix ordena de maneira completamente disfarçada.

E já nos mostraram as armas que são utilizadas e as pessoas continuar caindo nas armadilhas da manipulação.

Mudam os conceitos e a essência da beleza, manipulam a verdadeira essência da liberdade.
Mentem os objetivos da fraternidade e distorcem completamente o significado da igualdade.

Foi criada uma perfeita ilusão, uma prisão onde o prisioneiro gosta de permanecer nela. E não percebe que esta aprisionado, até o momento que deixa de ser útil.

Poucos tem coragem de atravessar o seu deserto e encontrar o caminho para o sol.
Pouquíssimos tem a força de se auto questionar e se auto reconstruir. 

E um ou dois tem a força necessária para atravessar a escuridão e chegar ao templo sagrado do conhecimento absoluto.

Existem muitas etapas para se conseguir encontrar a verdadeira liberdade, apoiada na igualdade e respaldada na fraternidade.

É preciso coragem de abrir mão de si mesmo, esvaziar se de todo o ego e vontade de ter razão e aprender a compreender até os menores sinais que a vida mostra a cada segundo da sua vida.

Nem todas as pessoas estão prontas para isto. E 98% delas não querem sair do conforto da prisão ao qual esta inserida.

Uma das maiores e eficazes armas utilizadas para te manter na prisão que não se vê é a religião da insegurança.

Onde se destrói toda a sua auto confiança e te enchem de insegurança em tudo, que para se sentir seguro você busca a aprovação social daqueles que você acha que são melhores que você!


 É preciso aprender a caminhar e olhar, atentamente, tudo ao seu redor. Para compreender que você é muito mais do que acredita ser.

E a auto aceitação é uma das chaves que abre sua essência ao aprendizado. Apenas olhe para si mesmo e descubra por si mesmo... Será que você esta pronto para conhecer seu potencial por completo ou esta mais confortável em viver segundo a massificação que o mundo ao seu redor te impõe?

Somente você pode responder esta pergunta para si mesmo.

Seja sempre bem vindo.

0 comentários:

Conheça

 

Programa Radar Paulista 18h

Visitantes do mundo

Rádio Vale do Acaí