Ajude a Somália. Clique Aqui

Translate


Caso Itaberlly: Autoridades desconfiam que o crime foi premeditado.


Segundo informações, amplamente divulgado pela mídia, Itaberlly foi espancado a mando da mãe e depois morto pela própria genitora.

Ao que tudo indica o crime realmente foi por homofobia.

Segundo esta reportagem do Balanço Geral Interior, alguns jovens foram chamados pela mãe do jovem para espancá-lo, com intuito de "dar um corretivo" e depois o jovem foi morto.


Caso o vídeo não abra, clique aqui e veja a reportagem.

Segundo a reportagem, os restos mortais do jovem ainda não foram enterrados, por conta de exames solicitados pela justiça. Para que após os exames, o enterro digno seja dado ao jovem.

A sociedade precisa aprender apenas respeitar a diversidade. Cada um tem liberdade para não gostar ou não concordar. Porém existe o dever de respeitar as diferenças.

Para evitar casos deste magnitude de violência e selvageria.

0 comentários:

Conheça

 

Programa Radar Paulista 18h

Visitantes do mundo

Rádio Vale do Acaí