Translate

Pray For Mexico, Puerto Rico, For The World Peace


Uma mulher não deve ser menosprezada pelo fato de ser mulher

A dificuldade de ser mulher na humanidade
Embora tenha se passado muitos anos desde a fundação do mundo, ainda é um grande desafio ser mulher no mundo.

Embora tenhamos tido grandes avanços em muitos setores, ainda estamos longe de atingir a igualdade entre gêneros, feminino e masculino.

A realidade é que estamos longe do dia em que mulheres no mundo inteiro deixarão de ser julgadas pela genitália e pela sua condição feminina.

Mas nesta época contemporânea, estamos diante dos machos sem noção, armados com a tecnologia para infernizar a vida das mulheres.

Realmente o avanço tecnologico trouxe a luz o pior do ser humano, mas não se pode generalizar a situação, mas boa parte dos homens perdeu a noção de vez.

Com a era dos aplicativos de mensagem e das redes sociais, a superexposição se tornou a maior doença do século XXI.

E com isto trouxe a cena, pessoas que não tem noção de como se comportar com outras pessoas dentro da realidade virtual.

Ontem, 24 de agosto de 2017, pleno século XXI, eu me senti completamente agredida por um ser bípede, pois não dá para classificar aquilo como homem.

Estava eu voltando para casa e repentinamente meu celular começou a tocar, com uma vídeo chamada, percebi que já haviam me ligado umas 3 vezes anteriormente, mas eu estava em um curso maravilhoso de dramaturgia então o celular ficou no modo silencioso dentro da bolsa.

Um número estranho... Pensei comigo "será alguém querendo algum roteiro, ou será contato para algum trabalho em publicidade", vi que o tal número era de um grupo de trabalhos para publicidade.

Respondi com uma mensagem "Oi", antes que eu pudesse perguntar o qual o motivo do contato, começaram as insistentes videos chamadas... Eu disse que não podia atender por estar em transito. Mas nem conseguia escrever direito, pois quando recusava a chamada, em segundos vinha outra.

E com um portugues completamente "assassinado", a pessoa começou a dizer por favor atente, e eu perguntei o que era, e ai o cara disparou "meu cum agora" e em seguida "masturbação"...

Me senti a última das mulheres, eu disse de pronto "não sou garota de programa", "não faço programa". E as vídeo chamadas insistentes, até que veio o cumulo, num espaço de alguns minutos, o infeliz me manda uma foto com as partes intimas dele...

Imediatamente eu o bloqueei e comuniquei o administrador do grupo de trabalhos...

Mas o que me chocou é a falta de sensibilidade e responsabilidade de certas pessoas, se é que tem condições de classificar isso como pessoa.


Quer dizer que por eu ser mulher, eu tenho que aceitar com alegria que me assediem e me tratem como um mero objeto sexual... E o que mais me deixou indignada foi o infeliz me dizer que eu tinha que aceitar a vídeo chamada para ele fazer "dois minutos de drenagem"...

Com o perdão da palavra. Vai se ferrar imbecil.

Ser mulher é uma condição complicada, quando nos deparamos com pessoas que tem uma visão deturpada do que é ser mulher.

Ao longo do tempo foi inculcado que a mulher é um objeto, que ela pode ser comprada, que ela pode ser abusada, pode ser agredida. Que existe uma maneira certa de ser mulher e uma maneira errada de ser mulher.

Somos massacradas para nos mantermos bonitas como um objeto a ser exposto, somos vistas como um troféu a ser exibido, nossa genitália é vista como uma maneira de ganhar dinheiro, somos massacradas o tempo inteiro, pelo simples fato de termos nascido mulheres.

E muitas vezes o pensamento machista vem da educação que recebemos em casa.

Quem nunca ouviu muitas mães dizendo "Prende suas cabritas, que meu bode tá solto". E a educação diferente dada para meninos e meninas.
Os filhos precisam ser criados com a consciência que não se deve machucar ou desrespeitar outro ser humano, seja como ele for.


Acho interessante e corajoso homens que decidem se travestir de mulheres e que fazem a transição para se tornar mulheres, porque eles vêem como nós mulheres sofremos preconceito de todos os tipos, violência de todo o tipo. E mesmo assim, querem ser como nós.

Por isto devemos nos unir para de uma vez por todas banir este tipo de comportamento e este tipo de tratamento as mulheres.

Nós mulheres temos o direito de sermos tratadas com respeito, com dignidade e com igualdade.

E é muito triste que em pleno século XXI, ainda existam machos que pensem que mulher é objeto de diversão para eles.

Que pensem que só porque eles querem a mulher tem satisfazer seus instintos e desejos, como uma coisa inanimada e sem identidade.

É, realmente, constrangedor uma coisa como esta em pleno século da tecnologia que consegue diminuir fronteiras e trazer grandes avanços à humanidade.
Se uma mulher quer mostrar seu corpo, quer ser o que ela quer ser que ela seja.

Eu sei que ainda temos a triste realidade de sermos guiados pelos ensinamentos de projeção de imagem e falso moralismo. 

Mas precisamos, realmente e sinceramente, vencer isto. Para que as mulheres deixem de ser objetificadas e sejam vistas em sua totalidade como seres humanos.


Desta maneira, quem sabe conseguiremos acabar com a violência desmedida contra as mulheres, acabaremos com estupros e maus tratos, com base no simples fato de uma mulher ser mulher.

Com carinho e apoiando a causa feminina.

Dryca Lys

0 comentários:

Conheça

 

Programa Radar Paulista 18h

Visitantes do mundo

Rádio Vale do Acaí

Conheça a Cia LF Produções Artísticas