Conheça

Translate


Aprender a vencer o orgulho demonstra a força do seu caráter diante de uma traição

A traição nunca rende nada de bom
Na sociedade contemporânea temos nos deparado com a traição sendo encarada como algo normal. E, por muitas vezes, ela tem sido tratada como algo a ser glorificado pelo ser humano.

traição
/
substantivo feminino

1. quebra da fidelidade prometida e empenhada por meio de ato pérfido; aleivosia, deslealdade, perfídia.

2. (jur) crime cometido pelo cidadão que, perfidamente, pratica ato que atenta contra a segurança da pátria ou a estabilidade de suas instituições.

A traição simula carinho, mas deseja sua queda
Nos enganamos quando pensamos que a traição é apenas no âmbito de relacionamentos amorosos.

A traição permeia a relação entre pais e filhos, amigos, parentes, no âmbito profissional, a traição de si mesmo.

A traição é uma maneira que a pessoa traidora utiliza para alcançar uma felicidade que ela acredita não ter. E que somente através daquele mecanismo ela alcançara o que tanto almeja.

Porém muitas vezes a felicidade esta bem ao lado das pessoas e elas não conseguem enxergar isto.

Todos os dias somos expostos a ideia de que precisamos o tempo todo provar que somos bons o suficiente. E que precisamos ser os mais queridos e desejados.

E muitas vezes tomamos atitudes que não acreditamos, para poder silenciar a pressão que nos é imposta diariamente para sermos o que não somos e fazermos o que não acreditamos.

Lady Gaga se arriscou ao falar disto
Lady Gaga foi corajosa ao lançar o single Judas, pois ela tocou em questões que a sociedade não tem coragem para discutir.

A questão de trairmos tudo que acreditamos porque nos sentimos pressionados a ser o que os outros querem que a gente seja.

Foi mais além, ao questionar que num momento de extrema pressão, ainda sim nós temos nosso direito a escolher fazer ou deixar de fazer.

Porém, nos silenciamos dentro do medo de sermos rejeitados pela maioria e acabamos por fazer, muitas vezes, coisas que não queremos fazer.

E mais, quantas vezes nós deixamos de lutar por tudo que acreditamos, porque não queremos contrariar a opinião da maioria?

Basta duas pessoas concordarem e ser contraria a sua opinião e se você for minoria, você acabará se sentido pressionado a concordar para não se sentir deslocado ou ser tratado como "aquela pessoa que é sempre do contra".

E ainda a música convida a você pensar quando ela diz:

"Eu quero te amar
Mas algo algo me puxa pra longe de você
Jesus é minha virtude
Mas Judas é o demônio ao qual me agarro
Eu me agarro"

Judas - Lady Gaga

Seja sincero consigo mesmo neste momento e se questione: Quantas vezes você silenciou a sua voz para não ser tratado aquela pessoa que nunca concorda com ninguém?

Quantas vezes você magoou alguém somente porque todos ao seu redor ficaram se intrometendo no relacionamento que você tinha com esta pessoa?

Quantas vezes para parecer super descolado e popular você humilhou pessoas que eram seus amigos verdadeiros?

Quantas vezes você negou sua fé para não ser atacado pela maioria?

Quantas vezes você se reprimiu para agradar a maioria?

O que é errado vai continuar sendo errado, mesmo que a maioria diga que é certo e o que é certo vai continuar sendo certo, mesmo que todos digam o contrário.

É sempre mais fácil seguir a multidão. 

É mais comodo não emitir sua real opinião e seguir o que já vem pré-moldado em uma caixinha determinada pelo costume social.

Quantas vezes você se tornou Judas para alguém?

E o mais grave, quantas vezes você foi Judas consigo mesmo?

Muitas vezes é muito difícil ser você mesmo, num mundo onde todo mundo quer ditar quem você deve ser.

Nem sempre é fácil conseguir expressar o que realmente se sente. Ainda mais que vivemos o tempo todo, tentando fazer parte de algo. Nos encaixar em grupos, procurando aceitação social e aprovação social de tudo que fazemos.

Algumas pessoas conseguem entender que para ser feliz e viver bem, a aprovação social e a aceitação social não é importante, e não pode calar o que realmente a pessoa é e nem desvirtuar os valores que ela possui.


Num mundo feito de aparências e uma busca desesperada por atenção vazia. É muito difícil se manter fiel ao que se realmente é.

Uma amiga me perguntou "Será que o tempo muda as pessoas ou o tempo mostra quem realmente as pessoas são".

Acredito que o tempo mostra muita coisa, porém as pessoas mudam sim com o tempo. Algumas se tornam pessoas melhores, outras apodrecem buscando agradar as regras deterioradas de uma sociedade perdida em sua ilusão.

Por isto eu não me surpreendo com a quantidade de corações partidos nesta sociedade contemporânea. Pois estamos nos perdendo diante de tantas distrações que são criadas para nos afastar de nós mesmos.

E a cada dia nos perdemos mais e mais, acreditando nos relacionamentos "macarrão instantâneo", acreditando que a interação social somente acontece pelas redes sociais.

Nas telas de Smartfones sonhamos com a vida que vem em vídeo e redes sociais, com a vida acontecendo bem diante do seu nariz.

Procuramos tantas coisas, mas não sabemos exatamente o que queremos. Não sabemos filtrar tanta informação e não sabemos como nos comportar diante de tanta evolução social tecnológica.



E o mais triste nisto tudo. É que ao invés de aprendermos algo nesta jornada, nos perdemos na ilusão e continuamos cometendo os mesmos erros.

Mas as coisas sempre podem mudar, quando a gente decide mudar. E quando decidimos ter responsabilidade com a nossa vida e como afetamos a vida dos outros ao nosso redor. 

Quando assumimos a responsabilidade pelos nossos atos, começamos a caminhar para a verdadeira liberdade. E aprendemos a respeitar aqueles que estão a nosso redor. E aprendemos a agradecer pelas boas pessoas que dão a coisa mais importante para a gente. Seu tempo e seu apoio.

E percebemos que não há nada errado em pedir desculpas e demonstrar que nos importamos.

A traição mais conhecida é a de Judas contra Jesus Cristo. E a situação no ensina que a traição esta intimamente ligada ao caráter. E que depois que se comete uma traição, pode ocorrer danos irreversíveis e o arrependimento sempre vem.

E realmente é preciso ter coragem para admitir a traição, tanto com os outros como consigo mesmo, e conseguir vencer o orgulho em se desculpar você demonstra sua força de caráter.

Espero ter ajudado.

xoxo

Dryca Lys

0 comentários:

Ajude a Somália. Clique Aqui

 

Programa Radar Paulista 18h

Visitantes do mundo

Rádio Vale do Acaí