Conheça

Translate


No final de tudo... Eu espero

A beleza da vida é poder entender a diferença
Hoje eu parei para relembrar muitas coisas nesta vida. Sim, lembrar de pessoas que me sempre me ensinaram, coisas  boas e coisas ruins, mas todos os ensinamentos me tornaram uma pessoa mais consciente de mim mesma e do que realmente eu quero ser.

A vida é um presente
Por muito tempo eu vi minha vida passando pela janela, sem entender muitas coisas.

Algumas pessoas dizem que a gente recebe da vida aquilo que a gente dá.

Mas eu sempre me perguntei, "Se você dá amor, amizade, bondade, gentileza e boas vibrações não faz sentido receber de volta sofrimento e dor? Se tudo é culpa minha, então eu deveria emitir má energia? Pois vejo muita gente fazendo horrores na vida e se dando bem sempre..."

Foi quando eu comecei entender muitas coisas, que antes não faziam sentido para mim.

Muitas vezes a gente planta o bem, muitas vezes oferecemos bondade, gentileza e bons sentimentos. Mas recebemos de volta traição, mentiras e muita decepção...

Entendi que nem sempre vamos conseguir escapar da maldade humana alheia, mas que isto talvez seja uma forma da vida mostrar que devemos aprender a reagir bem, mesmo quando recebemos o mal como pagamento do bem que fazemos.

Mas entendi a lei da Ação e Reação, que é a lei do Retorno, Lei do Karma, Lei da Semeadura.

Tudo que você planta, mais cedo ou mais tarde, você colhe. E aprendi que o que você emite ao Universo, retorna para você 3 vezes maior. Se você emite o bem, recebe o bem. Se emite o mal, recebe o mal.

Mas eu aprendi que as conexões do mal são mais rápidas, porque muita gente vibra o mal com maior intensidade que o bem.

As vezes ser forte é o único caminho
2017 esta sendo um ano transformador na minha vida. Onde eu me decepcionei muito, pela falsidade, pela mentira e pelas ideias erradas que as pessoas fizeram de algo que um dia foi muito bonito.

2017 foi um ano cheio de propostas que fizeram tudo estremecer dentro de mim, em muitos sentidos.

2017 é um ano que tem me mostrado que eu preciso ser mais forte do que eu tenho sido, porque tem coisas que acontecem com a gente que não são escolhas. São imposições da vida e que a gente tem que aprender a superar.

2017 me ensinou que muitos são mestres em dissimular amizade, enquanto você é conveniente tudo bem. Mas quando as vozes do mal guiam a pessoa. Ela te descarta e ainda diz "agora que eu tenho dinheiro, não preciso mais de você". 

Amizade não estar lá porque você é conveniente. Amizade é estar lá pelo fato de você valorizar o ser humano que você conhece. Ou que você admira.

Eu amo o filme Um sonho de liberdade, onde uma das frases que mais me marca é a fala de Andi Dufresne "Eu acho que tudo se resume a uma escolha bem simples, ocupar-se de viver ou ocupar-se de morrer".

Há muito tempo nos ocupamos de morrer, quando deixamos nossos sonhos se percam. Quando sacrificamos pessoas para agradar as vozes que dizem "se parece com isto, se parece com aquilo".

Muitas vezes nós forçamos pessoas que admiramos muito à nos abandonarem, pelo simples motivo de não sabermos dizer não para muitas vozes que querem nos impor rótulos que nós mesmos sabemos que não acreditamos... A voz do povo nem sempre é a voz de Deus... Principalmente quando esta multidão nos força a discriminar pessoas, nos obriga a desmerecer o Amor e a Amizade, nos sufoca tanto que acaba silenciando a nossa verdadeira voz. E nos impõe segregação, humilhação ao próximo e utilização do ódio como maneira de demonstração de poder ilusório.

A gente se perde tanto nas coisas que o mundo projeta para nós, porém nos esquecemos de ouvir nossa própria voz. Esquecemos de lutar pelo que realmente nós acreditamos...

Algumas coisas a gente consegue consertar. Porém algumas se perdem para sempre... Ainda mais quando há orgulho, arrogância e negação de assumir seus erros cometidos durante todo o processo de segregação.

O cheiro da vida alegra a alma
Eu sei que esta vida é uma grande jornada, uma jornada de aprendizado, uma jornada de crescimento e que talvez esta jornada não tenha fim aqui.

Talvez, quando fechamos nossos olhos e partimos, a jornada continue em outro lugar. Mas nós, neste plano, nunca saberemos...

Eu quero ter a esperança que a jornada continua e que tudo que eu aprendi aqui, eu vou aperfeiçoar em outro lugar.

Não me cabe julgar ninguém, não me cabe apontar o dedo para o erro de ninguém.

Porém me cabe falar a verdade sempre que me for perguntado. À mim cabe ser sincera sempre que eu não me sentir feliz com alguma coisa. Dizer a verdade, por mais dolorosa que seja, demonstra o respeito que eu tenho por você.

Porém à você cabe reconhecer que, em muitos casos, você não tem estrutura para ouvir a verdade. E que as pessoas são responsabilizadas pelas coisas que falam, não pelo que os outros entendem.

Pois uma coisa deve ficar clara, ninguém consegue controlar o entendimento do outro. Nem os erros de interpretação que uma pessoa pode ter...

A vida é tão efêmera quanto as ondas do mar.
A vida é tão passageira como as ondas do mar. Ela vem, dura um tempo e vai embora. E retorna sempre à origem, que todos nós não temos como ver. Mas sabemos que existe.

Eu sei que em breve eu retornarei à origem. Espero que nesta jornada, eu consiga espalhar boas energias.

Minha esperança é saber, que em algum lugar do mundo. Alguém que tenha o coração partido, alguém que esteja sofrendo, alguém que esteja chorando sem saber o que fazer... Consiga chegar a este blog e leia algum dos meus textos e se sinta aliviada. Que de alguma maneira eu consiga tocar seu coração...

Que eu consiga, de alguma maneira, dizer que tudo vai ficar bem e que tudo dará certo no final. Que eu consiga levar um pouco de paz e conforto.

Saudade da minha máquina de escrever
Eu tive uma máquina de escrever, igualzinha a esta da foto.

Numa máquina como esta eu escrevi muitos poemas... Numa máquina como esta, eu aprendi o valor de deixar a Vida me falar o que ela queria que fosse transformado em poemas...

Eu espero ter conseguido tocar muitas pessoas com o que a Vida me fez escrever.

Eu espero ter feito a diferença na vida de alguém. Que eu tenha impactado, de maneira positiva, a vida do próximo...

Eu não sei... Talvez eu nunca fique sabendo... Só me basta saber que eu fiz tudo que pude fazer, me basta saber que eu dei o melhor de mim...

Mesmo quando eu estive em pedaços... Mesmo com a alma sangrando e estilhaçada, eu ofereci meu sorriso e ofereci meu melhor.

Eu espero...
Eu sou uma pessoa livre que segue uma jornada. E que o destino ainda é incerto. Eu espero que o céu me seja sempre azul e ensolarado. Eu espero que a vida sempre me sorria com carinho...

Eu espero que as minhas feridas se fechem e que eu conserve esta estranha esperança de caminhar ao encontro da felicidade.

Que mesmo com os espinhos no caminho e os estilhaços da minha alma. Eu consiga transmitir amor e amizade...

Eu espero que eu consiga manter o sorriso, que no momento de fazer a passagem meus amigos que foram antes de mim, venham me buscar com alegria.

E quando eu fechar os olhos e partir... As pessoas se lembrem do Amor, da Amizade, da Lealdade e do Carinho que eu espalhei...


Eu espero...

Xoxo

Dryca Lys

0 comentários:

Ajude a Somália. Clique Aqui

 

Programa Radar Paulista 18h

Visitantes do mundo

Rádio Vale do Acaí