Conheça

Translate


Choque cultural: Aprenda a respeitar o outro. Aprenda a observar. Assim haverá boa convivência

Entender o outro é um dos passos para o respeito
Entender o outro nem sempre é uma tarefa fácil. Pois, na maioria das vezes, queremos colocar as nossas experiências e a nossa vivência numa realidade que não conhecemos e nem vivemos.


A cultura é algo inerente a cada povo, cada nação possui uma visão de vida e uma cultura que a acompanha desde seu surgimento. E nem sempre é uma tarefa fácil compreender a cultura o outro.

Há muitos aspectos em todas as culturas que são exatamente iguais, como Amar, como ter fé, como produzir bens de consumo, comer, construir famílias...

Porém há aspectos inerentes de cada cultura, que nos torna diferentes uns dos outros.

Aprender a respeitar estas diferenças, demonstram nossa maturidade em construir relacionamentos saudáveis e positivos.

A cultura Oriental é muito diferente da cultura Ocidental. E o problema surge quando acontece o relacionamento intercultural, onde nem sempre as pessoas estão dispostas a aprender a cultura do outro e entender que a diversidade permite sim a amizade. Mas ela pede uma alta dose de humildade e compreensão, para entender que o que pensamos ser algo natural dentro da nossa cultura, pode ser um tremendo choque para a cultura do outro.

Muitos jovens se apaixonam por pessoas de uma cultura completamente diferente da sua. E isto não é errado. 

Mas quando se esta diante de uma cultura completamente diferente da sua. É preciso, no minimo, bom senso de estudar a cultura do parceiro. Para evitar atritos.

Conhecer a cultura é importantíssimo para que o relacionamento dê certo. Mas não se pode deixar de entender que observar o parceiro é primordial.

Muitas vezes, não percebemos os sinais que a pessoa nos mostra sobre seu caráter. E que talvez ela esteja apenas procurando uma maneira de se dar bem. E depois descartar você.

Aqueles relacionamentos baseados no vampirismo emocional e energético. E muitas vezes as pessoas falham nos relacionamentos, porque pulam muitas etapas. O namorar é uma fase legal, onde você observa o outro e começa a compreender a cultura do outro e se você usar a sabedoria, você procurará ver se você é compatível, emocionalmente e culturalmente, com seu parceiro.

As amizades são maravilhosas para isto. Você tem amizade e com ela você consegue conhecer o outro.
Mas, infelizmente, como a nossa sociedade esta completamente sexualizada. Pensamos que qualquer forma de afeto e carinho com o outro se resume ao fato de que a pessoa quer "transar" com você. E na maioria dos casos, é apenas uma demonstração de carinho e afeto. Nada mais além disto.

Infelizmente, na atualidade, poucas pessoas tem parado para observar e aprender sobre o outro.

Vivemos um mundo cheio de pressa e cheio de atualizações, que muitas vezes, não tem sentido e serventia nenhuma.

Seja amizade ou seja relacionamento afetivo é preciso aprender a compreender o outro em sua totalidade. E entender que ele só vai mudar, se ele quiser mudar. E não somos nós que determinamos a mudança do outro. Isto é algo que pertence somente à ele.

E, acima de qualquer coisa, nunca dê ouvidos à outras pessoas que falam que seu relacionamento "parece ser isto", ou "parece ser aquilo". Não tenha medo de perguntar para a pessoa o que ela quer de você realmente. Muitas vezes, a gente acha que um amigo quer namorar a gente quando ele na verdade só quer ser amigo. E que ele confia tanto em você que ele se aproxima de você sem qualquer restrição.

Aprenda a observar, conhecer e respeitar a cultura do outro. Da mesma maneira que as pessoas tem que aprender a respeitar a nossa cultura. É uma questão de urbanidade e boa convivência.

Espero ter ajudado.

xoxo

Dryca Lys

0 comentários:

Ajude a Somália. Clique Aqui

 

Programa Radar Paulista 18h

Visitantes do mundo

Rádio Vale do Acaí