Estreia teatral

Estreia teatral

Você é realmente livre?

Relações interpessoais são simples a gente que complica demais.
A vida é simples. Nós que a complicamos demais com vários conceitos e pré-conceitos que nos distanciam de tudo que realmente precisamos e queremos.

Equilíbrio é a chave
Querendo ou não todos os relacionamentos humanos se baseiam em sentimentos e interesses. E a questão é saber equilibrar tudo para que assim venhamos a conseguir a harmonia que tanto queremos.

Porém como vivemos em sociedade e toda sociedade cria regras de convivência e de comportamento coletivos, que acabam por dificultar relacionamentos que poderiam menos dolorosos e mais prazerosos entre as pessoas.

Criamos regras de como nos comportamos diante das pessoas, como nos vestimos bem, qual cabelo fica melhor para determinadas situações, que tipo de alimentos as pessoas devem consumir. Uma onda de regramentos que entram na "moda" e somem na mesma velocidade com que aparecem.

Sincronia e sintonia
Os relacionamentos, tenham a roupagem que se apresente, sempre vão exigir sincronia e sintonia. Muita observação e muita adaptação. O que não algo ruim. Na realidade é algo muito bom.

Pense comigo! Como é interessante e engrandecedor conhecer alguém da Asia, por exemplo, com uma cultura completamente diferente da nossa cultura ocidental. E aprender sobre muitas coisas que nem imaginamos como sejam e que existam. E poder dividir com estas pessoas o nosso conhecimento e a nossa vivência, numa troca infinita de energias de positividade e aprendizado. 

É maravilhoso! E quando nos colocamos nesta experiência de coração e mente aberta. Com vontade de aprender e com vontade de dialogar, o crescimento pessoa é inimaginável.

Liberdade implica em responsabilidade
Quando nos desprogramamos dos ensinamentos de sempre. E das regras, que em muitos casos, não fazem sentido nenhum. Aprendemos muito sobre liberdade.

Liberdade não significa fazer o que você quer, sem qualquer tipo de responsabilidade ou compromisso.

Liberdade é saber escolher o que melhor convêm para seu crescimento como pessoa neste mundo. Porém você entende que tem responsabilidade pelos seus atos e que cada escolha que você faz gera uma consequência, você querendo ou não. E que você responderá por seus atos.

E quando você entende a Liberdade em seu total sentido, você aprender a ter responsabilidade com o outro. E passa a não causar danos aos outros, pelo motivo de não querer que causem danos à você.

E nesta nova perspectiva de vida, você percebe que nos relacionamentos as pessoas tem a liberdade de escolher ficar com você ou, simplesmente, ir embora. E que se não houver sincronia e sintonia. Não vai acontecer o relacionamento, isto se aplicada a tudo: Amizades, relacionamentos afetivos, relacionamentos entre pais e filhos, entre parentes, entre lideres e liderados...

Permanecer junto é um ato de coragem
E não adiante você ser a pessoa mais rica do mundo, ser a mais linda, ser a mais engraçada... Não adianta, nos primeiros quinze minutos seus atributos físicos vão impressionar, mas se não acontecer a sintonia e depois a sincronia, vai ser apenas mais uma ficada.

Ou mais uma pessoa que você conhece mas não estabelece vínculos. E ser for parentes, você vai fazer de tudo para se afastar e nunca mais reencontrar.

O ódio é a face sombria do amor. E quando você força relacionamentos os sentimentos negativos afloram. 

Por isto muitas amizades terminam, muitos relacionamentos afetivos se despedaçam, muitas relações comerciais e muitas famílias se destroem. Pois nas relações humanas colocamos muito apego, ao invés de privilegiar a liberdade do outro em decidir se quer ficar ou se quer ir embora.

Efeito boomerang
Porém alguns relacionamentos são destinados a dar certo. Mesmo que todo mundo esta lutando contra. Pois existe a sintonia, a sincronia e algo muito mais importante e mais forte entre as pessoas: O real desejo de permanecerem juntas não importa o que aconteça.

Muitas vezes é uma tremenda bobagem lutar contra as escolhas de cada  pessoa. Você precisa aprender a se amar como você é. Colocar tanto amor dentro de você por você mesmo. E entender que tudo bem se as pessoas não conseguirem se conectar com você. Afinal de contas você é uma pessoa que tem o direito de escolher ter alguém ao seu lado ou permanecer sozinho.

E depois que você estiver cheio de amor próprio, você poderá amar outras pessoas sem se destruir por elas e sem se colocar como capacho para pessoas que querem destruir sua auto estima e sua confiança. Pois você aprende como identificar este tipo de vampiro emocional.

Seja qual for o tipo de relacionamento: Seja você mesmo.
E o ingrediente mais poderoso para qualquer relacionamento: É ser você mesmo, sem medo e sem receio.

Não tente de tornar aquilo que as pessoas esperam que você seja. Se você sabe que isto vai lhe causar danos emocionais e psicológicos. Isto não significa ser grosso e sem empatia. Porém é uma maneira de entender que você merece respeito, tanto quanto todos ao seu redor também merecem respeito.

Lembre-se você é para quem você quer pertencer e não para qualquer um que deseja ter você. Lembre esta escolha é somente sua.

E quando você é realmente livre. Conseguem entender que você pode se isolar e ficar só sem o sentimento de dor e angustia. Se é impossível para você ficar só ou abrir mão de coisas que você acreditar ser extremamente importantes, você não é realmente livre.

Relacione-se com você mesmo
O primeiro relacionamento afetivo que você deve ter, no plano material, é com você mesmo. Aprender a se conhecer, aprender a amar o que você quer, aprender a dizer não quando for necessário, aprender a ir embora quando já não há mais nada a se fazer, aprender a deixar ir embora quando não há mais como voltar.

Ninna Simone nos deu um ensinamento poderoso sobre liberdade, sobre amor próprio e sobre o auto respeito quando disse:

"Você tem que aprender a se levantar da mesa quando o amor não estiver mais sendo servido."

Isto serve para tudo em todos os momentos da vida é somente assim conseguimos transformar tudo ao nosso redor.

Tempo e evolução
Tudo nesta vida se transforma e se fortalece. Tudo depende de como você encara a vida e os ensinamentos que recebe todos os dias de tudo que acontece com você.

Seja livre de verdade, mas entenda que liberdade carregam em si responsabilidade.


Eu convido você a refletir: Você é realmente livre?

Com carinho 

Dryca.

Imagens: Google images
Video Youtube.

0 comentários:

Conheça

 

Programa Radar Paulista 18h

Visitantes do mundo

Rádio Vale do Acaí