Conheça


Tema de festa com base na escravidão e romantização do racismo

As aulas de história precisam ser mais difundidas 
Eu fiquei perplexa com o tema de uma festa de 15 anos, onde a festa foi toda ambientada na escravidão.

Eu havia acompanhado muito falatório nas redes sociais, pensei se tratar de fake news, pois virou moda a disseminação de fake news.

Chocante
Porém para minha surpresa abro o El País e me deparo com a noticia da tal festa

Confesso que fiquei sem palavras, não consegui entender bem qual era a intenção da aniversariante, pois sabemos que as debutantes, geralmente, pedem temas mais ligados a princesas e rainhas. E algumas pedem sim temos bizarros. Mas, sinceramente, o tema que envolve uma questão tão delicada e controversa em nosso país, ainda me deixa estarrecida.

Então circulou a noticia que o tal buffet pediu desculpas, mas depois voltou atras. Alegando que um funcionário postou o tal pedido de desculpas sem autorização e que o mesmo seria demitido.

Realmente eu não entendi nada. Mas o que me choca é a romantização de temas muito controversos que destroem todo a luta pela Dignidade da Pessoa Humana, que é um dos objetivos do Estado, assentado na Constituição Federal.

Não há como entender uma coisa assim. Já tivemos novelas romantizando o estupro. Vivemos a constante objetificação dos seres humanos. A violência esta sendo tratada como algo tão normal, que já estamos nos acostumando com ela.

Realmente é complexo o movimento que se esta fazendo em prol da desumanização da sociedade e o mais chocante é que o grotesco esta se tornado regra.

Tenho receio do que vem por ai.

Fonte da informação. Jornal El País

Imagens: Internet

0 comentários:

 

Programa Radar Paulista 18h

Visitantes do mundo

Rádio Vale do Acaí