Clique e conheça

Translate


Tônia Carrero: 95 anos de alegria e arte

Tônia Carrero
Maria Antonieta Portocarrero Thedim, mais conhecida como Tônia Carrero, nasceu em 23 de agosto de 1922, no Rio de Janeiro.

Nascida e criada na zona sul carioca e filha do General Hermenegildo Portocarrero e de Zilda de Farias Portocarrero. Também era descendente do marechal Hermenegildo de Albuquerque Porto Carrero, barão de Forte de Coimbra. Tônia se graduou em Educação Física, mas seu amor era mesmo a arte.

Seu primeiro papel no teatro foi na peça Querida Susana, onde se descobriu filha das Artes e completamente apaixonada pelos palcos.

Decida Tônia foi à Paris e lá estudou Artes, tornando se atriz. E realizando seu sonho de atuar.

Foi a estrela da Companhia Cinematográfica Vera Cruz, tendo atuado em diversos filmes.

A estreia em teatro foi no Teatro Brasileiro de Comédia (TBC), em São Paulo, com a peça Um Deus Dormiu Lá em Casa, onde teve como parceiro o ator Paulo Autran. Após a passagem pelo TBC, formou com seu marido à época, o italiano Adolfo Celi, e com o amigo Paulo Autran, a Companhia Tônia-Celi-Autran (CTCA), que nos anos 1950 e 1960 revolucionou a cena do teatro brasileiro ao constituir um repertório com peças de autores clássicos, como Shakespeare e Carlo Goldoni, e de vanguarda, como Sartre.

Na TV, um dos seus personagens mais marcantes foi a sofisticada e encantadora Stella Fraga Simpson em Água Viva (1980), de Gilberto Braga. Tônia viria a trabalhar novamente com o autor, em 1983, na novela Louco Amor, dessa vez interpretando a não menos charmosa e chique Mouriel. Tanto em Água Viva como em Louco Amor, Tônia perdeu o papel de vilã para Beatriz Segall e Tereza Rachel, respectivamente. Mesmo assim, os dois personagens que interpretou foram um sucesso.

Era mãe do ator Cecil Thiré, e avó dos atores Miguel Thiré, Luísa Thiré e Carlos Thiré.

Seu primeiro casamento foi com o artista plástico Carlos Arthur Thiré, que durou de 1940 à 1950. Porém o casamento chegou ao fim.

Em 1951, casou se com o ator e diretor italiano Adolfo Celi, com quem foi feliz até 1962. Quando o casamento chegou ao fim.

Em 1964 casou se pela terceira vez com o engenheiro César Thedim, vivendo uma vida feliz até 1977. Porém o casamento também chegou ao fim. E desde então decidiu não mais se casar, mas teve uma vida amorosa intensa.

Tônia era dona de uma beleza singular para a época e sempre despertava grandes paixões, inclusive dizem que ela era galenteada por ninguém menos que Juscelino Kubitschek e também por Vinicius de Moraes.

Tônia era dona de um imenso talento e sempre encantava por onde quer que passasse. E viveu o tempo que se lutou para a profissionalização da carreira artística.

O mundo das Artes perde mais um grande nome, uma mulher de coragem. Uma mulher que inspirou gerações e que nos mostrou a beleza das artes.

Nos deixou em 03 de março de 2018, aos 95 anos bem vividos e felizes, na cidade do Rio de Janeiro.

Cinema

AnoTítuloPapel
1947Querida Susana
1949Caminhos do Sul
1950Quando a Noite Acaba
1952ApassionataSílvia
Tico-Tico no FubáBranca
1954É Proibido BeijarJune
1955Mãos SangrentasCantora
1961Alias GardelitoPilar
1962Copacabana Palace
Esse Rio que Eu Amo
Sócio de Alcova
1969Tempo de ViolênciaMarta
1976Gordos e MagrosHelena
1987Sonhos de Menina MoçaYolanda
1988A Bela PalomeraMãe de Orestes
Fogo e Paixão
1990O Gato de Botas ExtraterrestreAvó
2005ViniciusEla Mesma
2008Chega de SaudadeAlice

Televisão

AnoTítuloPapel
2004Senhora do DestinoMadame Berthe Legrand
Um Só CoraçãoEla própria (participação especial em um capítulo)
2000EsplendorMimi Melody
1995Sangue do Meu SangueCecile Renon
1993Cupido ElectrónicoD. Nenette
1989Kananga do JapãoLetícia Viana
1987SassaricandoRebeca
1983Louco AmorMouriel
1981O Amor é NossoGilda
1980Água-VivaStella Fraga Simpson
1979Cara a Cara
1972Uma Rosa com AmorRoberta Vermont
O Primeiro AmorMaria do Carmo
1971O CafonaBeatriz
1970A Próxima AtraçãoMaria da Glória
Pigmalião 70Cristina Melo de Guimarães Cerdeira
1969Sangue do Meu SanguePola Renon
1966A Mulher que Amou DemaisMíríam Porto
1952-1960Grande Teatro TupiVários personagens

Teatro

  • 2007 - Um Barco Para O Sonho, de Alexei Arbuzov, direção de Carlos Thiré (neto)
  • 2005 - Chega de história de Fauzi Arap
  • 2003 - A Visita da Velha Senhora, de Friedrich Dürrenmatt , com direção de Moacyr Góes
  • 1999 - Um Equilíbrio Delicado, de Eduardo Wotzik, Tônia e Walmor Chagas festejaram juntos 50 anos de teatro, nesse espetáculo.
  • 1986 - Quartett, de Heiner Müller, com direção de Gerald Thomas
  • 1984 - A Divina Sarah, de John Murrell, com direção de João Bethencourt
  • 1984 - A Amante Inglesa, de Marguerite Duras, com direção de Paulo Autran
  • 1978 - Quem Tem Medo de Virgínia Woolf?, de Edward Albee, com direção de Antunes Filho
  • 1976 - Doce Pássaro da Juventude, de Tennessee Williams, com direção de Carlos Kroeber Flávio Rangel
  • 1971 - Casa de Bonecas, de Henrik Ibsen, com direção de Cecil Thiré
  • 1968 - Navalha na Carne, de Plínio Marcos, com direção de Fauzi Arap
  • 1965 - A Dama do Maxim's, de Georges Feydeau, com direção de Gianni Ratto
  • 1964 - Qualquer Quarta-Feira, de Muriel Resnik, com direção de Maurice Vaneau
  • 1962 - Tiro e Queda, de Marcel Archard, com direção de Antonio de Cabo
  • 1960 - Seis Personagens à Procura de um Autor, de Luigi Pirandello, com direção de Adolfo Celi
  • 19601958 - Calúnia, de Lillian Hellman, com direção de Adolfo Celi
  • 1956 - Entre Quatro Paredes, de Jean-Paul Sartre, com direção de Adolfo Celi
  • 1956 - A Viúva Astuciosa, de Carlo Goldoni, com direção de Adolfo Celi
  • 1956 - Otelo, de William Shakespeare, com direção de Adolfo Celi
  • 1954 - Cândida, de Bernard Shaw, com direção de Ziembinski
  • 1954 - Uma Mulher do Outro Mundo, de Noel Coward, com direção de Adolfo Celi
  • 1953 - Uma Certa Cabana, de André Roussin (tradução de Brício de Abreu), com direção de Adolfo Celi
  • 1950 - Amanhã, se Não Chover, de Henrique Pongetti, com direção de Ziembinski
  • 1949 - Um Deus Dormiu Lá em Casa, de Guilherme Figueiredo, com direção de Adolfo Celi


Fonte: Imagens Internet

0 comentários:

Conheça

 

Programa Radar Paulista 18h

Visitantes do mundo

Rádio Vale do Acaí