Estreia teatral

Estreia teatral

O segredo da vida... É entender que não há segredo nenhum

Algumas vezes precisamos refletir
Há uma grande questão na nossa geração. A dificuldade de ser quem você realmente é, num contexto que nos leva a parecer o que não queremos ser.

Tempo e espaço
Nossa jornada neste plano tem um prazo determinado. Para alguns termina muito rápido, para outros demora quase um século ou mais. Pois, vemos algumas pessoas que conseguem viver mais de 100 anos.

Porém o que a maioria não entende é que estamos aqui para aprender. Estamos numa jornada de divisão de conhecimento e multiplicação de aprendizado.

Porém existem tantas maneiras de nos distrairmos com tudo, onde a construção social constrói a cada dia uma nova moda, cria uma nova tensão que nos afasta de nossos objetivos.

Procuramos razão em tudo. Procuramos motivos para justificar tudo. Não nos damos a oportunidade de viver a experiência que se apresenta diante de nós.

Não deixamos a vida nos ensinar o que ela quer nos ensinar. Ao contrário, passamos o tempo ditando para vida, milhares de regras. E muitas delas sem  qualquer sentido.

E depois nos arrependemos quando perdemos pessoas, oportunidades e vivências, que poderiam nos engrandecer e nos tornar pessoas mais fortes.

Os aprendizados mais profundos se escondem nas coisas mais simples. As experiências mais impactantes se escondem nas coisas que não damos tanta importância.

As coisas mais profundas e transformadoras se escondem naquilo que é sútil, quase imperceptível. Pois estas coisas provocam a nossa alma. Aguçam nosso coração.

Elas nos fazem sentir coisas diferentes, algo que nunca sentimos em toda nossa jornada.

Mas estamos preocupados demais em parecer, em alcançar coisas que despertem a inveja e a cobiça do outro. Que deixamos as coisas mais significativas escaparem por entre nossos dedos.

E em alguns casos, quando perdemos pessoas raras que existem aos poucos pelo mundo, começamos a pensar "como eu pude estar tão distraído neste mundo?".

O sistema de convivência social passa o tempo todo nos dizendo que temos que testar as pessoas que estão em nossa vida. Se elas suportarem nossos testes, que vão se tornando cada vez mais absurdos e sem sentido. Então estas pessoas merecem nosso amor e nossa confiança.

Desconfiamos de pessoas que nos aceitam como nos realmente somos. E quando nossos "amigos" começam a falar muito mal da pessoa, então começamos a desprezar e ignorar quem esta lá para nós. Simplesmente por nos amar por quem realmente somos.

Deixamos de ver a beleza por nada.
As coisas que acontecem em nossa vida não pedem explicações absurdas. Elas são simples e acontecem naturalmente.

Porém nós, seres humanos, em nossa absurda curiosidade aliada ao desejo de satisfazer nosso ego. Começamos a buscar respostas mirabolantes para tudo.

Então nascem as mais absurdas teorias e os comportamentos mais bizarros, pelo simples motivo de não queremos admitir. Nem tudo precisa de respostas mirabolantes. As coisas podem acontecer de maneira simples e de maneira que nos traga felicidade. Sem qualquer tipo de segunda ou terceira intenção no caminho.

A nossa passagem é tão curta para se perder tempo com o que não acrescenta nada.

Por isto se multiplicam as desilusões e os corações partidos

Há tanta dor no mundo, há tanta desilusão e tantos corações partidos, justamente pelo fato de não sermos sinceros conosco e, por consequência, sinceros com os outros.

E quando nos damos conta de estarmos tão presos as regras sem sentido de tudo. Já perdemos amigos, já perdemos amores sinceros. Justamente por estarmos procurando justificativa para tudo. E sempre achando que estas pessoas que se preocupam e que querem estar ao nosso lado, na verdade estão querendo nos controlar e nos mudar. 

Quando, na verdade, estas pessoas se preocupar conosco pela pessoa que somos e querem nosso bem e tentam nos ajudar a não nos machucarmos tanto em nossa caminhada.

Mas sabe aquele ditado "Na vida tem mais gente para nos mal aconselhar, do que para nos ajudar". Nós ouvimos as pessoas que não querem nos ajudar em nada.

Algumas coisas não precisam fazer sentido. Elas precisam apenas ter o poder de modificar nossa percepção da vida.

Um sorriso, um abraço, estar presente. Se importar... Isto faz a diferença. E não custa montanhas de dinheiro, nem exigem coisas materiais.

Se importar não custa
Se importar com as pessoas ao seu redor não custa caro. Apenas demonstra que você consegue ver além da imagem. E que você consegue ser você mesmo. Quando o sistema tenta fazer você ser o que você não quer.

Mas em alguns momentos será tarde, quando você perceber que deixou anjos saírem de sua vida, pois você estava tão ocupado em tentar destruir coisas bonitas entre outras pessoas. Quando você esta ocupado demais querendo ser o que o mundo ditou o que você deveria ser e acabou silenciando a sua voz.

Tudo na vida é feito de escolhas. E destas escolhas existem as consequências. Quando dizem que há um preço a ser pago. É justamente isto. Quando você escolhe o superficial. Você perde a chance de ser feliz.

Pare e pense: O que você esta escolhendo para você? Afinal suas escolhas definem o seu destino.

E um dia tudo que tem um começo, tem um final... Mas você é quem define o caminho da sua jornada.


Espero ter ajudado.

Dryca

Fotos: Internet

0 comentários:

Conheça

 

Programa Radar Paulista 18h

Visitantes do mundo

Rádio Vale do Acaí