Acesse ou ligue CVV

Conheça


A vida pede que sempre mudemos o ponto que a vemos para evoluirmos sempre


Hoje eu me peguei pensando em muitas coisas. Mas fiquei pensando muito em até onde vai a amizade e até onde vai a gratidão.

Andei questionando algumas coisas, afinal você só consegue evoluir quando você para e pensa sobre tudo ao seu redor e observa com mais cuidado.

Poucas pessoas têm a coragem de olhar através de suas feridas para poder se curar do que as machuca por tanto tempo. E poucas pessoas têm a ousadia de aprender com seus erros e com eles mudar toda a sua caminhada.

A maioria das pessoas, geralmente, procura culpar os outros por tudo que acontece com elas. E realmente a gente precisa aprender a separar tudo para entender a nossa própria jornada e com isto nos tornar pessoas mais felizes.

A gente precisa aprender a distinguir a nossa responsabilidade sobre o que nos acontece e a responsabilidade dos outros sobre o que nos acontece.

Eu tratei sobre isto neste post, quando a gente separa os diferentes tipos de responsabilidade, a gente aprende a controlar a nossa própria vida.

Somos energia sim, construímos um campo vibracional ao nosso redor que atrai muitas coisas, porém nós não controlamos o que as outras pessoas vão fazer ou dizer. Mas podemos controlar como vamos reagir a cada evento que nos acontece.

No campo das amizades e relacionamentos, eu comecei a observar tudo e todos que estão na minha jornada. E pude perceber que depende de cada pessoa a maneira como ela vai se comportar com as pessoas ao redor dela. E que algumas pessoas, infelizmente, sentem que tem o direito de magoar os outros. De se utilizar de qualquer tipo de subterfúgio, para conseguir o que querem. E não tem o menor escrúpulo em trair e mentir para conseguir algo que pensam merecer ganhar a qualquer preço.

Considerei demais uma garota como amiga, cheguei a tratá-la como uma filha. Cheguei a defendê-la em muitas situações, extremamente, constrangedoras para ela. Fiquei ao lado dela, quando muitas pessoas a chamavam de garota fácil e falsa... Até que, surpresa, ela traiu minha confiança. Mas me traiu de uma maneira tão dolorida que eu não consegui manter a amizade. 

Uma das coisas mais doloridas de se ouvir foi "ela na viagem da galera, tomou banho junto com o seu crush"... Ela também empurrou outra pessoa para a pessoa que eu gostava e fez tudo que pode para que elas ficassem juntas. Mesmo sabendo que aquela pessoa estava comigo...

Eu decidi que não quero ter raiva, nem ódio da pessoa. Decidi que o melhor era seguir com a minha vida e cortar os vínculos de amizade, pois na história toda a amiga era apenas eu...

Fora algumas coisas horríveis que eu descobri que ela falava de mim pelas costas... Eu compreendi que talvez para se sentir mais forte, ou mais querida pelos outros. Esta garota precisava fazer aquelas coisas, e muitas das coisas que ela faz, eu sei que ela odeia fazer. Mas faz pela extrema necessidade em ter atenção e se sentir amada. Porém, eu sempre presenciei as pessoas usando esta garota como um objeto qualquer e depois descartando-a sem qualquer pudor...

E o pior, vi pessoas a olharem como um mero objeto de diversão... Porém entendi que cada um escolhe o caminho que quer seguir. E, muitas vezes, estamos tão imersos nas ilusões desta vida, que não percebemos o quanto estamos nos magoando e magoando as pessoas ao nosso redor.


Então decidi me reconectar com as minhas raízes. E revi um filme que eu simplesmente amo... Thelma e Louise... Que falava do valor da amizade verdadeira. E, pensei, como é bom ter alguém que em todos os momentos te defende. Não tem medo de entrar em enrascadas com você. E que se preciso for, morrerá por você e com você.

E fiquei pensando também, como o mundo age com algumas pessoas. Não importa se você falar a verdade, a maioria sempre vai te julgar e te condenar. Foi que aconteceu em Thelma e Louise, e isto acontece todos os dias, em todos os cantos do mundo. Muitos inocentes são condenados por tentarem se defender ou defender alguém de algum mal que esta lhes acontecendo.

Nem todas as pessoas ao seu redor estão ao seu lado. Nem todos que dizem "eu te amo", realmente te ama. Nem todas as pessoas que caminham com você, querem realmente o seu sucesso.

A gente aprende isto quando começa a observar as atitudes mais de perto... Para entender o caráter de cada um que nos cerca na nossa vida. E não é todo mundo que tem a paciência para observar.

As pessoas dizem que na vida contemporânea todos os relacionamento são líquidos e que nada é feito para durar mais que a preparação de um macarrão instantâneo.


Sinceramente, prefiro acreditar que existem sim amizades que duram para sempre. Que existem amores que duram a vida toda. Que tudo depende da disposição em fazer o relacionamento, seja amizade seja afetivo, dar certo e durar para sempre.

Eu acredito sim... Embora a sociedade continue dizendo que não. Eu não sou a maioria. E como eu ouvi no filme a Dama de Ferro. "Não siga a multidão".


Eu quero continuar vendo o mundo não como ele é, frio e cheio de dor. Eu quero ver o mundo como ele pode ser, cheio de amizade, gentileza e harmonia.

Recomendo à todos que assistam Thelma e Louise, assistam com o coração aberto e aprendam um pouco mais sobre a beleza da amizade.

Obrigada por estarem aqui...

Fonte das fotos: Internet.
Filme recomendado Thelma e Louise

0 comentários:

 

Visitantes do mundo

Prêmio Quality

Prêmio Quality
Profissional do Ano 2014

Dryca Lys

Rádio Vale do Acaí

Prêmio Excelência e Qualidade

Prêmio Excelência e Qualidade
Melhor do Brasil 2014