Acesse ou ligue CVV

Conheça


Editorial: Quando todos dizem que você é má por escolher um caminho diferente

Viver na Periferia
Um certo tempo, parei e pensei se deveria falar o que realmente sinto e como encaro os "grandes entendedores da vida periférica", porém nunca vieram sequer perto da periferia...

Eu, sinceramente e profundamente, estou cansada de muitas pessoas querendo me dizer como eu devo me sentir e como eu devo pensar, sobre viver e ser da periferia. Porém, nenhuma destas pessoas, realmente conhece a realidade da periferia.

E fique surpreso, eu cresci na periferia (em alguns países é chamado de subúrbio, gueto, lar de pobres, tem muitos nomes que eu prefiro nem citar!)...

Eu fiz um curso bacana de teatro, conheci uma mulher. Que eu achava ela linda, porque eu gosto da cultura árabe e ela realmente era linda. Mas não entendia nada de periferia. E ela ficou com raiva de mim quando eu falei que cada periferia tem a sua verdade, pois cada uma tem necessidades diferentes, ainda mais levando em conta localização e distancia. E que, muitas vezes, uma periferia não tem muito contato com a outra, devido a distancia geográfica e a diferença cultural de seus moradores.

Pra que que eu fui falar a verdade... A moça começou querer me ensinar como eu deveria pensar e viver a periferia. Sendo que eu que morava na periferia e ela não conhecia a minha realidade. E, eu sei que ela começou a me detestar, porque ela começou a questionar meu aprendizado e meu talento, com base no fato dela não gostar de mim, porque eu não aceitei o ponto de vista dela sobre cultura na periferia e a questão dela achar, equivocadamente, que pobre não acesso a cultura porque não quer!

Para algumas pessoas a única escolha é o caminho mais difícil
Outra coisa que eu não acredito! A Meritocracia como querem implantar no Brasil...

Meritocracia, em muitos países de primeiro mundo, reconhece as suas qualidades acadêmicas para lhe conceder vantagens que te coloquem em é de igualdade, jurídica-social, entre aqueles que, por questões de status ou de família, tem condições superiores aos demais.

Eu cursei Universidade particular, passei em 3 lugar no Geral, segundo lugar em Direito. Eu não tinha bolsa de estudos, porque o reitor da minha Universidade me negou o direito a bolsa de estudos, mesmo eu tendo as maiores notas de toda turma. Sob alegação de que a Universidade não concedia bolsas de estudos, por dificuldade financeira.

Porém, três colegas minhas. De condição social bem melhor que a minha, financeiramente falando, tinham bolsas de estudo integral, por conta da amizade com o reitor e com uma das diretoras financeiras de Universidade.

Nos USA, que todo ama falar dele. Você pode estudar de graça em qualquer Universidade. Por conta de várias formas de bolsas de estudos que se concede... Bolsa de estudos por conta de esportes, bolsa de estudos por conta de empresas que acreditam no seu potencial, bolsa de estudos por conta das suas notas durante sua vida acadêmica no ensino médio, bolsa de estudos até por trabalhar para a Universidade, bolsa de estudos por conta de programas sociais de inclusão... Tem uma gama extensa de aquisição de bolsas de estudos nos USA que podem ser utilizados se você não tem condições de pagar por seus estudos, ou pelo fato de você mostrar o potencial de sua capacidade intelectual.



Já no Brasil a coisa é bem diferente. Eu já cheguei a ouvir de muitas pessoas "Você é inteligente demais para esta vaga de emprego"... Ou coisas do tipo "Você estuda demais para quem é da periferia"... Ou até mesmo de alguns familiares eu ja ouvi "estudar tanto para que? Pobre não precisa de tanto estudo assim..."


Então eu descobri que eu sou uma pessoa, extremamente, má. Eu escolhi ser má, justamente por escolher um caminho diferente e buscar crescer como pessoa e intelectualmente e me profissionalizar.

Seguindo o padrão da minha realidade de vida, eu não deveria ter graduação em nada. Eu deveria ter uma vida bem humilde. Ser conformada em ter um trabalho que me pagasse um salário minimo. Não ter esperanças, não ter sonhos muito grandes. Nem pensar em melhorar minha condição intelectual. 

Abrir a boca para opinar sobre qualquer coisa. Jamais! Eu deveria me conformar com o fato de pelo menos ser como qualquer pessoas normal. E apenas querer ser alguém na vida, como qualquer pessoa comum é...
E agradecer quando eu for humilhada, justamente por expor opinião com base argumentativa e me recusar a atacar a pessoa que emite sua opinião, com o famoso argumentum ad hominem.


Cansei de ouvir gente que não entende nada da minha realidade, querer me ditar o que devo pensar, o que devo dizer... No que eu devo acreditar! E o mais triste é ver o mar de gente que esta vivendo numa histeria coletiva e nem se dá conta disto...

E o pior, tenho que escutar um monte de gente me mandando fazer terapia e me encher de anti-depressivos e ansiolíticos, justamente por eu ter opinião própria. E, o mais triste, ser chamada de burra, justamente por ter base no meu tipo de argumentação...

Quer falar com propriedade sobre algo, primeiro conheça a realidade em todos os aspectos.

E se você tem ascensão social, você não deve humilhar e nem maltratar quem não esta no mesmo patamar que você. Uma vez que você deve lembrar que seu conhecimento e sua jornada do herói deve inspirar os outras a crescer também, não humilhar e amedrontá-los. Aprenda a dar a mão para o outro se levantar e não derrubar quem tenta melhorar também. Isto se chama justiça social, quando você usa sua voz para abrir caminho para quem não tem voz.

E eu vou ser bem clara, não tenho nada contra quem tem condições melhores que a minha, seja social ou financeira, porém antes de falar de uma realidade que você não vive ou que você acha que conhece... Procure conhecer. Não faça aquele velho e obsoleto julgamento de achar que você é o sabe tudo e "jogar todo mundo no mesmo saco", pelo fato de ter tido uma experiencia ruim com alguém... 

Aprenda que as pessoas não são iguais não! 


Não pense que nos USA é diferente do Brasil, pois em muito aspectos... Somos iguais... Só não vê quem não quer ver.

Acredito, que já esta na hora de admitir. Escolher um caminho diferente, fará muita gente te considerar uma pessoa má. Justamente por você querer fazer a diferença no mundo...

Texto Dryca Lys
Fonte das imagens: Internet
Vídeo Bad Michael Jackson - Michael Jackson Channel no Youtube

0 comentários:

 

Visitantes do mundo

Prêmio Quality

Prêmio Quality
Profissional do Ano 2014

Dryca Lys

Rádio Vale do Acaí

Prêmio Excelência e Qualidade

Prêmio Excelência e Qualidade
Melhor do Brasil 2014