Acesse ou ligue CVV

Conheça


Empatia é algo que precisa ser praticado na sociedade contemporânea



Por muito tempo fiquei pensando sobre falar sobre isto. Analisei tudo ao meu redor.

E me veio uma memória dos tempos de faculdade, das aulas de Direito Constitucional, "Se você tem conhecimento para ajudar o outro a se libertar. Qual é o motivo que te faz ficar em silêncio?". Dr. Arthur P. Filho - Meu mestre em Direito Constitucional.

Então pensei em como o mundo fala muito sobre empatia, sobre como ajudar o outro. Porém, na realidade não ajuda em nada...

Ao invés disto há um movimento, continuo e sutil, de silenciamento de quem precisa de ajuda. Seja com piadas extremamente sem graça, seja com o famoso discurso de que é uma questão de frescura da pessoa.

Ou quando se procura ajuda profissional para saúde mental, se entope a pessoa de remédios para sedá-la, ao invés de dizer "mude a perspectiva"... Alguns vídeos me ajudaram muito, nesta questão... Como o Eduardo Marinho.

Assista o vídeo e entenda:


Comecei a entender que o pensamento que eu sempre tive, não era somente meu. A vida não é somente o que vemos na superfície...


Existe um processo da empatia que te aproxima do outro. O problema todo, na sociedade contemporânea, é que somos pressionados a buscar tudo que nos torna extremamente tristes.

E entendi que muita coisa grita a mesma lição "Muita vezes manter o silêncio para manter a falsa sensação de segurança, não é paz... Disfarça o medo". E parei para pensar, como a sociedade é condicionada a viver com medo, onde se entrega a verdadeira liberdade em nome de uma falsa segurança.


Quando não entendemos como esta forma de ensinar permanecer, a humanidade nunca vai mudar.

A hipocrisia plantada todo dia e que achamos algo inerente a vida:

1. Não se importe com o próximo. O importante é apenas você: Isto não é normal. Se amar a si próprio é importante, para que você possa amar o outro, porém é um dos preceitos que Cristo ensinou "E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo." Mateus 22:39

Porém o mundo nos ensina a não nos importarmos realmente do próximo. E muitos obedecem cegamente.

2. Queira derrubar o outro para conseguir a ascensão: Para se vencer na vida não é preciso derrubar o outro. Somos condicionados a acreditar que tudo é inerente a vida quando não (pesquise sobre Behaviorismo).


3. Inversão de valores (ame as coisas materiais e despreze as pessoas): O mundo se baseia na ilusão, ilusão de ser o que não se quer ser para agradar quem não se importa com você. Onde a perversidade é premiada.

São muitos pontos que podem criar o distanciamento do compreender o outro. Mais a ridicularização que é feita contra as pessoas que estão tentando ver além da imagem que a sociedade impõe todos os dias.


Se nós não mudarmos a nossa visão de mundo e como caminhamos por ele. E como impactamos a vida do próximo, a tão sonhada mudança para um mundo mais justo, nunca vai acontecer. Estaremos sempre fadados a caminhar para o caos.


As vezes, para encontrar o que se procura é preciso ter coragem para mudar toda a visão que se tem. E muita honra para continuar a caminhada da auto-mudança. E somente pela Educação e mudança de pensamento e a real vontade de colaborar, ao invés de competir uns com os outros, é que o caminho para a transformação para o bem será possível.

Não se pode encontrar a solução de um problema, usando a mesma consciência que criou o problema. É preciso elevar sua consciência.
Albert Einstein

A mudança é possível. Não é fácil. Porém é possível.

Texto: Dryca Lys
Fonte: Imagens Internet

Eduardo Marinho 

Acidez feminina

0 comentários:

 

Visitantes do mundo

Prêmio Quality

Prêmio Quality
Profissional do Ano 2014

Dryca Lys

Rádio Vale do Acaí

Prêmio Excelência e Qualidade

Prêmio Excelência e Qualidade
Melhor do Brasil 2014